Saiu a primeira edição do ADUFPA na quarentena, boletim virtual ADUFPA que será disponibilizado semanalmente neste período de isolamento social.
Greve Nacional da Educação
Confira dez motivos para parar neste 18 de março

A ADUFPA irá suspender as atividades administrativas a partir deste dia 19 de março. A medida segue a decisão da UFPA, que aprovou no Conselho Superior de Administração (Consad) a suspensão das atividades até o dia 12 de abril, por conta da pandemia do Coronavírus e afim de resguardar as pessoas e evitar a propagação da doença.


Paramos hoje para defender nossas vidas, sabendo que essa defesa perpassa também por derrotar o governo Bolsonaro, que ataca à educação pública, corta verbas das universidades públicas, retira direitos e agora ameaça com a redução de até 25% em nossos salários.


Nesse período de quarentena, estaremos vigilantes aos ataques do governo Bolsonaro e do Congresso Nacional e à disposição dos professores da UFPA, para atender suas demandas jurídicas e políticas. Por conta das recomendações de isolamento, disponibilizamos aos nossos associados o telefone (91) 988830968 e e-mail de nossa Assessoria Jurídica Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. Em casos de demandas urgentes, podem entrar em contato, que daremos os devidos encaminhamentos.


Por fim, orientamos a todos e todas a redobrarem os cuidados, higienizando as mãos, evitando aglomerações, ficando em casa, protegendo nossos idosos e, em caso de gravidades, procurem os serviços de saúde. Acreditamos que a complexidade da conjuntura irá reforçar nosso companheirismo, solidariedade e unidade em defesa da educação pública, da valorização do trabalho docente, do Sistema Único de Saúde (SUS), das liberdades democráticas e pela revogação imediata da Emenda Constitucional 95.

Por nossas vidas, paramos a partir hoje para preservar as lutas do amanhã!