ADUFPA integra Comitiva de Solidariedade ao Amapá

A ADUFPA integrou a Comitiva da CSP-Conlutas que visitou o estado do Amapá entre os dias 25 e 27 de novembro, para manifestar solidariedade aos moradores e debater propostas para enfrentar a crise gerada pelo apagão, que afetou 13 dos 16 municípios amapaenses. A Comitiva contou com a participação do diretor-geral da ADUFPA, Gilberto Marques.

Durante três dias, a Comitiva visitou comunidades mais afetadas pelo apagão, reuniu com lideranças comunitárias e autoridades do Estado e promoveu uma Plenária Sindical e Popular, para discutir os desdobramentos da luta e a campanha de coleta de assinaturas para uma ação coletiva que irá cobrar das autoridades a responsabilidade pelo apagão e o caos gerado à população.

No Amapá, a Comitiva apresentou à Defensoria Pública um Plano Emergencial construído em conjunto com os trabalhadores, para enfrentar e sair da crise. O Plano conta com 12 pontos, entre eles a estabilidade no emprego e auxílio-emergencial de R$ 1,2 mil durante seis meses ao povo do Amapá. O documento defende ainda a redução e o congelamento dos preços dos alimentos, combustível e gás de cozinha e a isenção da conta de energia elétrica por seis meses.

A crise no Amapá ainda segue um mês depois do incêndio na subestação, que gerou o apagão. O serviço de energia elétrica ainda não foi restabelecido totalmente e a população sofre os efeitos do apagão. “Precisamos seguir com nossa Campanha de Solidariedade e pressão sobre as autoridades, as responsabilizando por essa crise e pressionando para que o Plano Emergencial seja efetivado”, defende Gilberto Marques.

Os docentes da UFPA e a comunidade em geral que quiserem contribuir com a Campanha SOS Amapá é só depositar qualquer valor no Banco do Brasil, Agência 130-9, Conta-corrente180000-0, em nome de Sâmela Ramos, CPF 852288262-20. Após o depósito, é importante mandar comprovante para o telefone da secretaria da ADUFPA: (91) 988830818.

Foto: Wellingta Macedo/CSP-Conlutas