A diretoria da ADUFPA defendeu na manhã de hoje, 6, o prolongamento do período de quarentena na UFPA. Em ofício encaminhado ao reitor Emmanuel Tourinho, a seção sindical solicitou o adiamento do retorno das atividades acadêmicas e administrativas na Universidade, inicialmente previsto para o próximo dia 12 de abril.

Segundo o documento enviado pela ADUFPA, os dados disponíveis até o momento indicam que o período de maior contágio da Covid-19 está apenas iniciando, e a tendência é que a situação fique ainda mais crítica, com possível sobrecarga no sistema de saúde. “É necessário redobrar os cuidados, fortalecer o isolamento social e orientar as pessoas a ficarem em casa. Por isso, a Universidade precisa prolongar o período de quarentena, para diminuir o impacto dessa pandemia e garantir a vida das pessoas”, defendeu o diretor-geral da ADUFPA, Gilberto Marques.

No documento, a diretoria da ADUFPA aponta que o novo período de quarentena deve levar em consideração as análises do Grupo de Trabalho criado pela UFPA, para avaliar e propor ações de combate à pandemia.